DEMO ZEN

Anúncios

PARÁBOLA

Toda a psicodelia que o tédio de um sábado nublado é capaz de produzir numa pessoa. A história da trajetória de um pigarro.

PARÁBOLA
Enquanto os carros
quebram lá fora,
da janela do meu quarto
escarro o pigarro
da poeira que outrora,
morava aqui dentro
e agora,
vôa feliz para o mundo.

Enquanto os prédios
caem lá fora,
da janela do meu carro
escarro o pigarro
da poeira que outrora
morava aqui dentro
e agora,
vôa feliz para o mundo.

DEMO ZEN

Essas músicas foram gravadas a mais de 15 anos, em um estúdio – ou quase isso – no abc paulista, não lembro de mais nada.
Fui a convite do meu amigo e grande músico, Adriano Grineberg.
Gravamos 5 músicas mas só consegui recuperar, com alguma qualidade, essas duas: Mãe dos sonhos e Bela vida.
Não houve ensaio, os arranjos foram improvisados na hora e as seções de gravação foram separadas, possibilitando o registro de mais de um instrumento por músico.

Músicas e ficha técnica:

MÃE DOS SONHOS
Chico Scarpini: Voz, violão, arranjos e composição
Adriano Grineberg: Baixo, metalofone, percussão(milidanga), backing vocals e arranjos

BELA VIDA
Chico Scarpini: Voz, violão, arranjos e composição
Adriano Grineberg: Metalofone, backing vocals e arranjos

O CIRCO DO CILICO

Três músicas infantis que compus a muito tempo, para três (na época de cada composição) crianças, muito especiais. Canções registradas ao vivo no estúdio a mais de uma década, violão e voz, sem nenhum ajuste, mixagem ou truque. Batizei com o nome de uma das músicas: o apelido que meu pai usava para chamar a minha pequena irmã. Viva o circo do Cilico.
Gravado no estúdio Cake Walking
Chico Scarpini: Voz e Violão

5ªE

Demo tape da banda 5ªE (Quinta E) gravada em meados de 2003 no estúdio Cake Walking em São Paulo – SP.

Chico Scarpini: Voz, violão e composições
Rodrigo Jofré: Baixo
Sandro Grineberg: Bateria

Músicos convidados:
Fabá Jimenez: Guitarras
Adriano Grineberg: Metalofone na música Fenix e backing vocal em Ela Vai Voltar

Gravação e mixagem por Edu Gomes.
Arte da Capa Affinities – Flavio Reales e Alexandra Pedroso

 

PATUSCO

Nanquim+guache+canetinha+Photoshop

Em tempos cada vez mais urbanos, congestionados e acelerados como os de hoje, a felicidade acaba escondida no movimento frenético de todas as tarefas que temos para cumprir, de todas as metas que temos para bater, de todos os protestos que temos para fazer. Perceber e sentir felicidade, acaba sendo um imperativo, que nem sempre é real, mas fica lindo nas fotos espalhadas por todas a redes que estruturam a nossa vida ‘pós-moderna’.
Afinal de contas, o que é real?

Essa é a arte para música ‘SEJA FELIZ AGORA’ do album ‘VCSC’, inspirado no conteúdo deste blog

O OCO DO NÃO

É só mais um adeus
nosso enfim despedir
talvez vazio e fatal

O que deixaste encruou
O que levaste é teu
ficou o oco do não

sobrou o seco do fim
Que doeu mais em mim
marcou meu coração

Desprezo que me levou
A pensar mal de ti
com essa pena na mão

Confesso que jamáis pensei
tão cruel assim, nosso fim

Confesso, não acreditei, em você
nem em mim

Composição de Chico Scarpini e Caio Andrade.

ORAÇÃO

Tô a toa, to de qualquer jeito
Empurrado pelo vento, dentro um nó no peito
Tento, canto, qualquer tento
Sento pois sinto que demorará
Penso cinza e peço a Deus
Por amor, vem me salvar

Corro, grito, rezo e morro, falo um palavrão
Cavo um buraco novo, que vai parar lá no Japão
Grito seu nome, rasgo minha roupa e solto meus cachorros
E peço tudo de novo

Pois só quero da vida algo que de paz no meu coração
Alguma coisa que transforme a sarjeta em bichinho de estimação
Algo que tire da minha cabeça, que para sempre ela esqueça
O que não tem mais solução
Peço que a noite eu adormeça, um lindo sonho aconteça:
Uma criança chupando o dedão

SEJA FELIZ AGORA

Acorda, levanta pro mundo, vai se vestir de coragem
Esquece de tudo, que te deixou na saudade
Levanta essa bola, vê se descola
Reinventa a cidade do jeito que dá

Caminha e carrega contigo, a sua felicidade
Não importa o tamanho, o que importa é vontade
Se mexa e balance, seu corpo ta vivo
Não importa onde está

Seja feliz agora
Aqui, ali, do Oiapoque a Paris, Berlim, Madri, Bali
Em Gothan City ou no Ceará

Seja feliz agora
Em São Paulo ou no Rio, em Tókio ou chuí, Salvador Chernobyl
Em Nova York ou no País de Alah

BABY DON´T GO

Se o seu coração ta doendo, seja o motivo que for
deixa que o tempo te cure meu bem, não pule dai por favor

É só você ter paciência, calmantes, ou um bom doutor
saudade é coisa da vida também, não faça isso ai por favor

Não tente curar suas feridas, causando em você mais dor
Enfrente os momentos da vida, não tome isso ai por favor

Esqueça quem não te merece, se foi era falta de amor
Esqueça quem sempre te esquece e não merece todo esse rancor

Baby don’t go, baby don’t go (bis)