AVENIDA

Gente que vai pro céu,
bala que vem perdida,
abismos aparecendo
em plena avenida.

Torres que vão crescendo,
galhos que vão caindo,
acidentes acontecendo
em plena avenida.

Pneus que vão queimando,
protestos que vão surgindo,
palhaços se matando
em plena avenida.

Radares que vão multando,
crianças que vão pedindo,
semáforos piscando
em plena avenida.

Asfalto que vai crescendo,
calçada que vai sumindo,
um corpo apodrecendo
em plena avenida.

Anúncios